5 de maio de 2008

Blaxploitation

Blaxploitation

Blaxploitation - um dos mais importantes movimentos culturais feitos por e para os negros. Surgida nos anos 70, a missão era simples: dar voz aos atores, diretores, produtores e escritores negros. Com isso, diversos pontos positivos e negativos surgiram. Acusados (exploração de estereótipos) por alguns e defendido (única forma de representação e participação) por outros, até hoje não se sabe como resolver o dilema do movimento surgido em contraposição à Hollywood branca.
Reacionários, explosivos e cheios de clichês, os filmes traziam o negro ora representado como o marginal sem escrúpulos, ora representado como o herói salvador do povo.
Grandes nomes surgiram com esses filmes: Richard Pryor, Pam Grier, FredThe HammerWilliamson, Sidney Poitier, Harry Belafonte, Jim Brown, Bill Cosby, Richard Roundtree e James Earl Jones para citar apenas alguns que passaram pela Blaxploitation.
A grande explosão do movimento foi o filme “Sweet Sweetback’s Badaaaass Song”, de Melvin Van Peebles, homem que escreveu, dirigiu e atuou. O Filme mostrava que o mercado norte-americano estava preparado para as produções negras. Com um custo de apenas 500 mil dólares, o filme atingiu a marca de 10 milhões de dólares nas bilheterias.
A música era fundamental para o Blaxploitation, as trilhas traziam Quincy Jones, Curtis Mayfield, Isaac Hayes, Manu Dibango e James Brown.





Nenhum comentário: