9 de julho de 2009

Lost In Space

Perdidos no Espaço

Perdidos no Espaço foi criada pelo produtor Irwin Allen, sem muitos recursos, mas, em compensação, a série é muito rica em imaginação. Quando o esboço do seriado foi apresentado à 20th Century Fox e à rede CBS, os executivos adoraram, pois não havia séries que tratassem desse tipo de assunto na época. Além disso, o fato de botar uma família no espaço era o ideal para atrair um leque bem abrangente de público.
Baseada na história da Família Robinson, do romance "The Swiss Family Robinson", Perdidos no Espaço se passa em 1997 quando a Terra já estaria superpovoada e novos mundos deveriam ser colonizados. A família Robinson é a escolhida para uma viagem com duração prevista de 68 anos. Na nave Júpiter II, partiram o professor de astrofísica John Robinson (Guy Williams), sua esposa Maureen Robinson (June Lockhart) e seus filhos Judy (Marta Kristen), Penny (Angela Cartwright), e o menino-prodígio Will (Billy Mumy). Pilotando a nave estava o major Don West (Mark Goddard). Os membros da família ficariam congelados até chegar ao destino se os planos não fossem alterados pelo maligno espião Dr. Smith (Jonathan Harris), que entra escondido na Jupiter 2 para sabotar a missão. Ele reprograma o robô dos Robinson para destruir a família e a nave. O tiro sai pela culatra e Smith acaba ficando preso dentro da nave que parte rumo ao espaço com ele a bordo. O peso extra do intruso faz a Júpiter 2 sair do curso estabelecido inicialmente e ir em direção a uma chuva de meteoros. Com uma tragédia prestes a acontecer, o Dr. Smith, no intuito de salvar a própria pele, descongela o major West para que ele dê um jeito na situação. Mas é tarde. A família Robinson, é reanimada e se vê totalmente fora do rumo previsto, ou seja, perdida no espaço, procurando o caminho de volta à Terra.

Embora poucos soubessem ou talvez não se preocupassem com isso, o robô da série, talvez o mais famoso robô já criado até hoje, principalmente por seu alarmante sinal de "Perigo! Perigo!" - uma marca registrada - era interpretado por um ator fixo: Bob May, o único que não tinha seu nome estampado nos créditos iniciais. May tinha a árdua tarefa de ficar camuflado debaixo de uma pesada roupa durante toda a gravação. O figurino do robô de Perdidos no Espaço foi criado por Robert Kinoshita. Além de ficar com as pernas presas e dar passos pequenos para que o robô parecesse deslizar sobre a superfície, May tinha que ficar meio encurvado para poder ver o caminho por onde deveria passar. A placa na parte superior, que acendia toda a vez que o robô falava, era a mesma que servia de "visor" para o ator ver com quem estava contracenando. Inclusive, a própria luz piscante era acionada por Bob May de dentro da carcaça, sincronizando com a fala do robô. Embora o ator fosse obrigado a decorar todas falas e participar das cenas, era outro ator quem dublava o robô na edição final. O apresentador de programas de rádio, Dick Tufeld, fazia a voz metálica da máquina.

Todo o primeiro ano do seriado foi feito em preto e branco porque o estúdio não queria gastar demais. A família Robinson enfrentava seres espaciais, ameaças alienígenas, além das encrencas criadas pelo Dr. Smith. Tal qual a maior parte dos seriados da época, as histórias terminavam antes do epílogo e no final começava uma outra história que dava gancho para o próximo episódio, uma forma de segurar o espectador. A fórmula deu certo e a receptividade de Perdidos no Espaço foi superior ao esperado pelos produtores.
Com o sucesso, a segunda e a terceira temporada foram produzidas em cores. Neste período, os integrantes da família Robinson deixaram de ser o centro das atenções e todo o enfoque passou para os bizarros seres espaciais e, é claro, o trio Smith-Will-Robô. No geral, as histórias ficavam no seguinte esquema: O Dr. Smith arrumava um plano que evidentemente botava em risco toda a família, o menino Will, embora alertado pelo pai para não desobedecê-lo, acabava cedendo aos falsos argumentos do Dr Smith e se dava mal, e o robô acabava entrando no rolo porque, apesar de alertar para o perigo da situação, não era ouvido por ninguém. Além disso, era sempre desligado por Smith depois de ser chamado histericamente de "lata de sardinha enferrujada".

No Brasil o seriado estreou em 1966 na TV Record nos fins de tarde dos domingos. Após 4 anos na Record a série passou a ser exibida na Rede Globo onde ficou diariamente até 1977. A série foi então para a Tv Tupi e no início da década de 1980 foi exibida pela Rede Bandeirantes. Em 1988 Perdidos no Espaço figurou na programação da TV Gazeta de São Paulo. O seriado voltou a programação da Tv Record 1990 no "Manhã de Aventura" quando se despediu da Tv aberta e passou em algumas emissoras à cabo.
A dublagem brasileira do seriado, realizada pela Companhia Arte Industrial Cinematográfica - São Paulo (AIC) é uma das mais lembradas até hoje, devido ao excelente trabalho realizado por profissionais como Helena Samara, Borges de Barros e Gilberto Baroli.
Perdidos no Espaço virou filme e foi levado às telas grandes em 1998 sem lembrar em quase nada o antigo seriado, a não ser pelos nomes dos personagens.

Emissora: CBS.
Emissora no Brasil: TV Record, Rede Globo, Tv Tupi, Rede Bandeirantes e TV Gazeta.
Ano de Produção: de 1965 a 1968 (89 episódios).
Companhias Produtoras: 20th Century Fox e Irwin Allen Productions.

Elenco:
Guy Williams - John Robinson
June Lockhart - Maureen Robinson
Mark Goddard - Don West
Marta Kristen - Judy Robinson
Billy Mumy - Will Robinson
Angela Cartwright - Penny Robinson
Jonathan Harris - Doutor Smith
Bob May - Robô B-9


Lost In Space - 1965 - Perdidos No Espaço
John Williams - 40th Anniversary Edition

CD 01

01. Lost In Space (Season One Main Title)
02. The Reluctant Stowaway - Smith's Entrance
03. Final Countdown
04. Escape Velocity - Meteor Storm
05. Weightless Waltz
06. Monster Rebels
07. Walk In Space - To Be Continued
08. Island In The Sky - Strange Planet - John's Descent
09. Helmet It
10. Strange Hold - Landing
11. Li'l Wil And The Robot
12. Search For John
13. Monkey's Doo
14. Operation Rescue
15. Personal Chauffeur - Electric Sagebrush - Will Is Threatened
16. The Hungry Sea - Earthquake
17. Temperature Rising - Boring Company - Don's Rays
18. Warming Rays - Sun Storm
19. Land Ho - Kid's Play-Off
20. Mr Friend Mr Nobody - Penny's Problem
21. New Galaxy
22. Lost In Space (Season One End Title)


CD 02

01. CBS Presents This Program In Color
02. John Williams - Lost In Space (Season Three Main Title)
03. Herman Stein & Hans J Salter - The Derelict
04. Herman Stein - There Were Giants In The Earth
05. Herman Stein & Frank Comstock - Welcome Stranger
06. John Williams - Lost In Space (Season Three Bumper)
07. Leith Stevens - Blast Off Into Space
08. Robert Drasnin - Curse Of Cousin Smith
09. Robert Drasnin - Little Joe's Yes
10. Alexander Courage - Girl From The Green Dimension
11. Alexander Courage - Cave Of The Wizards
12. Gerald Fried - Collission Of Planets
13. Pete Rugolo - The Promised Planet
14. Leigh Harline & Lionel Newman - Senior-Introduction-Search
15. Cyril Mockridge - A Nice Little Bank - Investigation
16. Fred Steiner - Terror Stinger - Another World - Ominous Signs
17. Robert Drasnin - Forbidden World Space Walk
18. Warren Barker - Lost In Space (Season Two Main Title - Unused)
19. John Williams - Lost In Space (Season Three End Title)

Informações e Links por email - Aqui

Information and links via email -
Here





Nenhum comentário: