23 de maio de 2008

Roberto Carlos e O Diamante Cor De Rosa

Roberto Carlos e O Diamante Cor de Rosa


Numa praia do remoto Oriente, 2.880 anos atrás, um naúfrago é atacado por bárbaros. Defendido por um guerreiro solitário, antes de morrer confia-lhe a guarda de uma estatueta e um pergaminho: a chave para a localização do túmulo de dois reis fenícios, sepultados num continente perdido, em terras do Ocidente. Um maravilhoso diamante cor de rosa protege o lugar do último repouso dos reis. Em Tóquio, milhares de anos mais tarde, Roberto Carlos, Wanderléa e Erasmo Carlos, compram "souvenirs". Wanderléa apaixona-se por uma curiosa estatueta, que representa o rosto de um velho. A estranha peça começa a causar problemas: ao voltar para o hotel, bandidos atacam-nos a fim de torna-lhes a estatueta que se espatifa durante uma briga. Wanderléa retorna à lojinha onde a obteve, tentando comprar outra. Na hora de partir para o Oriente Médio, a jovem não aparece. Roberto e Erasmo vão procurá-la e à estatueta. Daí em diante, se envolvem com gênios, samurais, "gangsters" orientais, raptos, perseguições de barco, helicóptero, automóveis, corridas e perigosas escaladas em montanhas de paredões verticais.
Produção e direção: Roberto Farias e no elenco: Roberto Carlos, Wanderléa, Erasmo Carlos, José Lewgoy, Reginaldo Farias, Rose Passini.

Roberto Carlos e O Diamante Cor De Rosa - 1969

Lado A:
01. O Genio (Orquestra Polydor)
02. Custe O Que Custar (Gustavo)
03. Karate (Roberto Carlos)
04. Sarro (Wilson das Neves)
05. Ilha Rasa (Orquestra Polydor)
06. Nao Vou Ficar (Gustavo)

Lado B:
01. O Diamante Cor de Rosa (Jose Roberto)
02. Please Garçon (Joyce)
03. Karate (Orquestra Polydor)
04. As Curvas da Estrada de Santos (Gustavo)
05. Toboga (Jose Roberto)
06. Enganando Pierre (Orquestra Polydor)

Informações e Links por email - Aqui

Information and links via email -
Here





Nenhum comentário: